Categoria: Saúde da Mulher

Saúde da Mulher

Estamos no mês de Março, um mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Por mais especial e admirável que seja dar conta de tantos papéis (e são tantos), nada é mais importante do que priorizar a sua saúde!

Cuidar da saúde não se resume apenas a manter os exames em dia, mas ter uma postura de enfrentamento diante de qualquer tipo de atitude prejudicial à saúde: alimentação inadequada, pobre em nutrientes; sedentarismo; descuido da saúde mental; relacionamentos abusivos; não planejamento de uma gestação saudável e assim por diante.

Alimentação é tudo (ou quase)

Quase, porque sem tudo aquilo que foi citado anteriormente a mulher acaba não tendo a qualidade de vida que poderia e deveria ter. Porém, uma coisa de cada vez. No quesito alimentação:

– Aumente a ingestão de água durante o dia e no intervalo entre as refeições;
– Consuma alimentos fontes de proteínas magras e carboidratos integrais;
– Evite o consumo de gorduras ruins: saturada e trans; dê preferência para alimentos fontes de gorduras saudáveis: abacate, azeite, oleaginosas;
– Consuma sal e açúcar de forma moderada, dando preferência às ervas;
– Evite o consumo de industrializados ricos em calorias, gorduras, açúcares, sal, cafeína e conservantes;
– Planeje suas refeições;
– Tenha em mente que nenhum alimento é proibido, mas cada escolha influenciará na sua saúde mesmo que a longo prazo;
– Não caia nas armadilhas das dietas milagrosas;
– Respeite os sinais de fome e saciedade.

Movimento faz bem (em todos os sentidos)

Se a vida está em constante movimento, por que ficar parada? Você pode não apreciar a musculação, por exemplo, ou o próprio ambiente de academia. Por outro lado, pode sentir um tremendo bem-estar caminhando antes da jornada de trabalho, fazendo yoga ou andando de bike. Se correr faz com que você sinta prazer, corra. Se é dança, dance; e assim por diante. Encontre o tipo de exercício que mais combina com você e veja as mudanças que ocorrerão…

Saúde mental importa

A mulher é cobrada em todos os sentidos desde o início dos tempos, precisa dar conta da casa e dos filhos, ter uma carreira, vida acadêmica, ser bem-sucedida, conquistar bens materiais, ser independente, ser uma boa líder, ter sucesso, ser ótima esposa, mãe e filha. São tantas cobranças que é comum que a mulher pense que isso tudo é natural, mas não é. A mulher, como qualquer outra pessoa, é um ser humano e não pode ser a mulher maravilha 24h por dia.

Cuidar da saúde mental é ter em mente que lidar com todas essas cobranças, às vezes as próprias, pode ter efeitos sérios sobre sua saúde de maneira geral. Ansiedade, estresse, depressão, insônia e transtornos alimentares não devem ser encarados como normais. Procure ajuda, cuide de você com amor e carinho!

Planejamento é sinônimo de qualidade de vida

Planejar o dia, a semana, o mês já faz parte da rotina de muitas mulheres que precisam manter tudo em ordem em casa, nos estudos e no trabalho. Por outro lado, é importante destacar também a importância do planejamento reprodutivo para que haja consciência, liberdade de escolhas em relação ao futuro e, é claro, uma gestação tranquila e saudável.

Rastreamento de doenças

O rastreio de doenças, principalmente do câncer do colo do útero e câncer de mama, é fundamental para viver com tranquilidade e qualidade de vida. O início da coleta do exame Papanicolau, para rastreio do câncer de colo de útero, deve ser aos 25 anos de idade para as mulheres que já tiveram atividade sexual. Os exames devem seguir até os 64 anos e serem interrompidos quando, após essa idade, as mulheres tiverem pelo menos dois exames negativos consecutivos nos últimos cinco anos. Já o rastreamento para o câncer de mama, com o exame de mamografia é a estratégia de saúde pública que tem sido adotada em contextos onde a incidência e a mortalidade por câncer de mama são elevadas. A recomendação para as mulheres de 50 a 69 anos é a realização de mamografia a cada dois anos e do exame clínico das mamas a cada ano (Ministério da Saúde).

Além disso, existem exames indicados para cada fase da vida da mulher:

BÁSICO PLUS

Mulheres até os 40 anos sem doenças pré-diagnosticadas, incluindo meninas, devem fazer anualmente: hemograma, glicose jejum, colesterol total e frações, triglicérides, uréia, creatinina, TGO, TGP, GGT, ácido úrico, TSH, T4 livre, Vitamina D, urina rotina (EAS), sangue oculto nas fezes.

FEMININO PREMIUM

Mulheres acima dos 40 anos, na pré-menopausa ou menopausa: check-up básico plus + LH, FSH, estradiol, progesterona, CA125.

FEMININO MASTER

Mulheres acima de 60 anos: check-up feminino premium + vitamina B12, ácido fólico, sódio, potássio, cloretos, magnésio, zinco, fósforo, cálcio, cálcio iônico, PTH

GESTANTES

Mulheres grávidas devem fazer periodicamente, de acordo com critério médico: hemograma, ferro, ferritina, ácido fólico,vitamina B12, grupo sanguíneo/fator Rh, glicose jejum, teste de tolerância oral à glicose, uréia, creatinina,vitamina D, rubéola IgG e IgM, toxoplasmose IgG e IgM, citomegalovírus IgG e IgM, HCV, anti HBsAg, VDRL, urina rotina (EAS), urocultura.

Conte com o Gerardo Trindade para cuidar da sua saúde!

Check-up da mulher

A mulher moderna tem inúmeros papéis na vida pessoal, familiar, profissional e social, mas as vezes parece faltar tempo para um elementar: o papel de vigilante da própria saúde.

Com tantos compromissos, cobranças, pressões internas e externas, realmente, cuidar da própria saúde parece não tão importante. Será? Antes mesmo de lidar com tudo isso, a saúde física e mental serve de suporte e garante que você tenha disposição para resolver todas essas questões.

Uma vida robotizada só é ideal para robôs, não para seres humanos. Aquelas frases de perseverança, zero descanso e/ou competição podem ser muito benéficas em alguns momentos difíceis, justamente para “dar um gás”, mas não permitem que você reconheça a necessidade de ter tempo pra quem mais importa: você.

É preciso um olhar sensível e afetuoso para si e a certeza de que olhar para dentro não a torna fraca ou menos disposta. Afinal, você é filha, mãe, avó, esposa, trabalha em casa e fora, dá conta de todos os desafios na vida pessoal, familiar e profissional, e ainda precisa lembrar de ser mulher. O que é ser isso mesmo? Antes de tudo, é ser livre para ser quem você quiser, ter liberdade em suas escolhas – incluindo a do tempo dedicado em cada tarefa. Sem culpa, mágoa, vergonha ou medo!

Ter tempo para si garante muitos aprendizados: descobrir o que a faz feliz, o que é bom, gostoso ou merece ser vivido, quem são as pessoas que vale a pena ter por perto, qual é o tipo de trabalho que vale a pena desempenhar, quais atividades fazem real diferença na sua vida e quais sonhos e projetos estão a caminho: mudança de carreira, maternidade plena? Oba, oba!  Que coisa boa esse tal de tempo, né?

Ter um estilo de vida que dialogue com os seus planos, de forma geral, é imprescindível! Afinal, ter uma vida longa faz muita diferença na realização dos seus projetos.

Muito bem, assim como as mudanças que você deseja realizar no ‘mundo externo’ existem aquelas que estão dentro de você. Pense no tipo de alimentação que você deseja ter daqui pra frente e seus benefícios, nos hábitos nocivos que você deseja cortar de vez da sua vida: fumar ou beber e, é claro, nos exames que você vem adiando há muito tempo! 

O Laboratório Gerardo Trindade dá aquela mãozinha em relação aos exames fundamentais em cada etapa da vida! Confira abaixo:

Conte com o Gerardo Trindade para cuidar da sua saúde!