Categoria: Coração

Saúde do coração

Você é daqueles que está sempre em dia com a saúde e se preocupa com o seu coração ou acha que os cuidados com ele são necessários somente na terceira idade? Independente da sua resposta, é imprescindível ficar atento aos hábitos que você vem tendo, porque eles terão repercussões no futuro – positivas ou não.

No imaginário popular é comum que haja uma falsa ideia de que o risco de doenças cardíacas só existe em quem tem histórico familiar. De fato, esse é um fator de risco considerável, mas não é o único. O sedentarismo, tabagismo, sobrepeso, especialmente o excesso de gordura abdominal, estresse, a ansiedade e o estilo de vida acelerado, como é o da maioria das pessoas, também são fatores de risco e devem receber a devida atenção, independente da idade. 

A melhor maneira de não ser surpreendido com alguma doença cardíaca é adotando hábitos saudáveis agorinha, enquanto você lê esse post e pensa de que forma vai se alimentar daqui a pouco ou se vai ou não sair para caminhar mais tarde. Por isso, selecionamos as principais maneiras de ter um coração saudável durante toda vida, olha só:

Parar de ser 8 ou 80

A forma como cada um encontra um caminho para ter mais saúde é muito pessoal, mas esse negócio de mudar de uma hora para outra e mergulhar, sempre com boas intenções, numa rotina completamente avessa à anterior não é uma boa saída. Devagar e sempre, é possível alterar hábitos alimentares, começar a praticar algum tipo de exercício físico, largar o cigarro e evitar o álcool, por exemplo.

Amadurecer o paladar

Comida de verdade é sempre a melhor maneira de nutrir o seu corpo. Calorias vazias, daqueles alimentos cheios de sódio ou açúcar (que aumentam os níveis de glicose) e aditivos químicos não vão ajudá-lo nem agora nem depois, quando alguma surpresa desagradável aparecer. 

Falando em amadurecer o paladar, destacamos um grande inimigo do coração: o colesterol! A alteração no nível do colesterol faz com se formem placas de gorduras nas artérias, o que pode provocar o endurecimento dos vasos (aterosclerose).

Legumes, verduras, frutas, grãos integrais e gorduras boas são os maiores aliados da saúde, mas eles não vão salvá-lo de um dia para o outro. É necessário que eles façam parte verdadeiramente da sua rotina! Abandone a ideia de que tudo que é gostoso faz mal, todos os alimentos de verdade têm sabor e nutrientes essenciais para o organismo, basta caprichar no tempero e variar as receitas. Você vai perceber que tudo é uma questão de amadurecer o paladar e depois não vai aceitar menos do que alimentos de verdade!

Movimentar o corpo

Você pode trabalhar sentado o dia inteiro ou palestrar durante horas em pé, isso não é determinante na saúde. O que será determinante de verdade na saúde do seu coração é se você pratica algum tipo de atividade física e com qual frequência. Movimentar o corpo regularmente melhora a saúde do coração e a dos vasos sanguíneos, além de contribuir para a diminuição da glicose, risco de trombose e inflamação no sangue! O ideal é destinar de 30 a 40 minutinhos por dia para realizar algum tipo de exercício em ritmo moderado.

Escolher um dia para largar o cigarro

Se você parar de pensar no quanto será difícil parar de fumar você já tem o seu lado emocional como aliado. Tudo se resume a escolher um dia para largar o cigarro e ter o compromisso de não ter recaída. Não é simples, todo mundo sabe, mas é necessário para ter saúde e qualidade de vida. O tabagismo está relacionado a mais de 50 doenças, sendo responsável por 25% das mortes por doenças do coração. Seja forte, acredite em você e escolha um dia para abandonar de vez esse vício! Você consegue, vai!

Ter uma mente tranquila

Cultivar pensamentos positivos, otimismo e ser uma pessoa mais calma e tranquila só tem benefícios. O estresse aumenta a pressão arterial, o pulso cardíaco e os níveis de hormônios que podem prejudicar o organismo. Ainda bem que existem inúmeras maneiras, pra lá de gostosas aliás, de manter o estresse bem longe: uma comédia ao lado de quem você ama, um café com as amigas, um beijo bem dado, um passeio relaxante, um livro divertido, alguns minutinhos de meditação e muitas outras maneiras. Descubra qual é a sua preferida e acrescente mais momentos como estes a sua rotina!

Manter os exames em dia

Esse é talvez o maior dos desafios, mas é extremamente necessário. Separe uma data anualmente para ir ao cardiologista e fazer o seu check-up. Alguns exames importantes para acompanhar a saúde do seu coração são: colesterol total e frações + triglicérides, proteína C reativa ultrassensível, glicemia em jejum e hemoglobina glicada, uréia e creatinina, além do eletrocardiograma. 

Conte com o Gerardo Trindade para cuidar da sua saúde!

6 dicas para um coração cheio de vida

Especial | Dia Mundial do Coração

Todo mundo sabe que hábitos saudáveis são imprescindíveis na prevenção de doenças e na manutenção da saúde, mas por que será que é tão difícil incorporá-los à nossa rotina? Sem um direcionamento ou um rumo haja coração! 

Para começar a falar desse órgão, que é representado em todas as declarações de amor e carinho, que tal descobrir algumas curiosidades? 

💖 Cerca de 7.500 litros de sangue são bombeados para o coração diariamente;

💖 O coração não fica do lado esquerdo do peito, como a maioria das pessoas acredita, ele está situado na parte central do tórax, entre os pulmões;

💖 Ele é capaz de bater fora do corpo por até 2 minutos;

💖 O coração de um adulto é um pouco maior do que o seu punho.

Muito bem, sabendo que ele irriga e oxigena todo o corpo diariamente, a nossa responsabilidade em ter hábitos saudáveis fica ainda maior! Todas as pessoas, independente do sexo ou idade, podem prevenir as principais doenças cardiovasculares. Confira seis dicas para um coração cheio de vida:

1) Ter uma alimentação saudável 

Esse é o requisito número 1, mas muitas pessoas acreditam que comer frutas, legumes e verduras já é o suficiente. Isso é ótimo, mas é necessário consumir pouca quantidade de gordura, além de reduzir a quantidade de açúcar e sal. A dica é cortar o sal da salada, por exemplo, e ficar de olho na escolha do que você coloca no prato quando está fora de casa  e de produtos no mercado. Evitar doces, bolachas e outras opções açucaradas também é importante. Se bater aquela vontade de comer um doce, aposte na combinação banana + canela! 

O açúcar leva outros nomes e por isso é bom ficar de olho nos rótulos! 

Tabela – outros nomes para o açúcar

A recomendação diária para o consumo de açúcar é de 10% das calorias ingeridas por dia, mas o brasileiro chega a ingerir 16,3%. Pois é, o açúcar que não se vê – esses que destacamos na tabela acima – devem ter o máximo de atenção. Além disso, fique atento aos alimentos salgados que contém açúcar: amendoim japonês, caldos de carnes prontos, catchup, alimentos em conserva (milho, ervilha, etc), macarrão instantânea, maionese, molho shoyu, salgadinhos, sopas prontas, congelados e assim por diante. Não esqueça de ler os rótulos, esse hábito evita uma série de doenças e mantém a saúde do coração em dia! 

2) Praticar exercícios físicos regularmente 

O estilo de vida sedentário está associado ao risco maior de doenças cardiovasculares, por isso a prática regular de exercícios físicos é recomendada. As atividades aeróbicas, como caminhada, corrida e bike, proporcionam muitos benefícios à saúde do coração: melhora da capacidade cardiorrespiratória, circulação (tanto no coração quanto nas pernas), além do controle da pressão arterial e do perfil metabólico, ou seja, a redução das triglicérides e da intolerância à glicose. Já a musculação, quando praticada regularmente, melhora o perfil de gorduras e glicose, além de oferecer uma série de benefícios como: melhora do humor, equilíbrio e flexibilidade. Ambos são complementares e podem ser feitos, a princípio, devagar. Lembre-se que o importante é sair do lugar e abandonar o sedentarismo, inimigo da saúde do coração!

3) Não fumar 

Apesar dos constantes alertas, inclusive nas embalagens de cigarro, muitas pessoas não conseguem abandonar o vício e insistem em fumar, às vezes, até o fim da vida. Acontece que o “o cigarro é responsável por uma série de doenças e um dos maiores agressores do endotélio, parte das células que recobre os vasos sanguíneos”. Além disso, ele oferece a formação da placa de aterosclerose. Em outras palavras, o estopim para o infarto. No caso das mulheres, então, o mau hábito associado ao uso de anticoncepcional. Este ano, no dia internacional de combate ao fumo, falamos aqui no blog sobre a relação entre o câncer e o cigarro e, mais adiante, demos dicas para abandonar o vício!

4) Manter um peso saudável 

O excesso de peso e a obesidade estão ligados a diversos fatores que aumentam os riscos de doenças cardiovasculares. São sinais de alerta: lípidos elevados no sangue, especialmente  triglicérides, colesterol LDL e colesterol total e baixo colesterol HDL, pressão alta, intolerância à glicose ou diabetes tipo 2.  

Além disso, tanto o excesso de peso quanto a obesidade aumentam o risco de insuficiência cardíaca. Fique de olho na balança, mas não se esqueça de que o número que aparece lá é a resposta dos seus hábitos! Volte ao quesito nº 1: alimentação saudável e 2º prática de exercícios físicos! 😉

5) Evite o álcool 

O que tem de mau num drink ou cerveja? A resposta vem a seguir, não somente no que diz respeito ao coração, mas no organismo em geral.

Tabela – os perigos do álcool no corpo

6) Mantenha seus exames em dia 

Um estudo brasileiro já revelou que  amostras de sangue que mostram o nível das proteínas podem dar informações precoces sobre placas nas artérias que ameaçam o bom funcionamento do coração. Além disso, em pacientes com histórico de doenças cardiovasculares na família os exames são ainda mais importantes! 

Alguns exames indicados para manter a saúde do coração em dia são:

– Colesterol total e frações + triglicérides

– Proteína C reativa ultrassensível

– Glicemia em jejum e  hemoglobina glicada

– Ureia e creatinina

– Eletrocardiograma

– Teste ergométrico

Conte com o Laboratório Gerardo Trindade para cuidar da sua saúde!